Saudação do Santo Padre aos participantes na Peregrinação das Dioceses da Holanda (15 de novembro de 2016)

SAUDAÇÃO DO PAPA FRANCISCO
AOS PARTICIPANTES NA PEREGRINAÇÃO DAS DIOCESES DA HOLANDA

Basílica Vaticana, Altar da Cátedra
Terça-feira, 15 de novembro de 2016

[Multimídia]

Queridos irmãos e irmãs!

Sinto-me muito feliz por vos saudar aqui na Basílica de São Pedro por ocasião do «Dia holandês» do Jubileu da Misericórdia. É bonito que tenhais vindo juntos a Roma, Pastores e fiéis de todas as Dioceses neerlandesas, numa peregrinação comum. Deste modo manifestais a vida e a comunhão da Igreja nos Países Baixos e a unidade com o Sucessor de Pedro.

O Ano Santo faz-nos entrar ainda mais em relação com Jesus Cristo, rosto da misericórdia do Pai. Nunca se esgotará este grande mistério de amor de Deus! É a fonte da nossa salvação: todo o mundo, todos nós precisamos da misericórdia divina. Ela salva-nos, dá-nos vida, recria-nos como verdadeiros filhos e filhas de Deus. E nós experimentamos a bondade salvífica de Deus de maneira particular no sacramento da Penitência e da Reconciliação. É na Confissão que recebemos o dom do perdão e da misericórdia de Deus. Com ela tem início a transformação de cada um de nós e a reforma da vida da Igreja.

Portanto, encorajo-vos a abrir os vossos corações e a deixar-vos plasmar pela misericórdia de Deus. Assim tornar-vos-eis também vós instrumentos da misericórdia. Abraçados pelo Pai misericordioso que nos oferece sempre o seu perdão, sereis capazes de testemunhar o seu amor na vida de cada dia. Os homens e as mulheres de hoje têm sede de Deus, da sua bondade e do seu amor. E também vós, como «canais» da misericórdia, podeis ajudar a saciar esta sede; podeis ajudar muitas pessoas a redescobrir Cristo, Salvador e Redentor da humanidade; como discípulos missionários de Jesus podeis «irrigar» a sociedade com o anúncio do Evangelho e com a caridade, sobretudo para com os mais necessitados e as pessoas abandonadas a si mesmas.

Confio-vos a vós e a toda a Igreja dos Países Baixos à materna proteção de Maria Santíssima, Mãe da Misericórdia, e abençoo-vos de coração. Por favor, rezai também por mim.