Reformar Estado sem reformar seus actores, é corpo sem alma

2017-11-16 Rádio Vaticana

O arcebispo do Lubango (Angola), Dom Gabriel Mbilingue disse que a reforma do estado sem reforma dos seus actores sociopolíticos, assemelha-se a um corpo sem alma e desta forma seria falar de acção sem ética nem patriotismo;

O prelado falava nesta quarta – feira (15/11) em Luanda durante o encerramento da V edição do fórum dos municípios e cidades de Angola, numa promoção do ministério angolano do território e reforma do estado 

Convidado a proferir a aula magna sobre "a autoridade moralização e contracto social", Dom Mbilingue afirmou que a boa governação exige homens e mulheres não apenas competentes, mas sobretudo íntegros.

E o ministro angolano da Administração do Território e Reforma do Estado, Adão de Almeida, disse durante o encerramento do fórum dos municípios e cidades de Angola que o orçamento geral do Estado para 2018 vai marcar o início de um processo gradual de transferência dos recursos financeiros para os órgãos de administração local.

De Luanda para a Rádio Vaticano, Anastácio Sasembele, Paz e bem 

(from Vatican Radio)