Papa recebe ex-presidente do Google

2016-01-15 Rádio Vaticana

Cidade do Vaticano (RV) - O Papa Francisco recebeu esta sexta-feira (15/01) no Vaticano, em audiência privada, o ex-CEO (Diretor Executivo) do Google, Eric Schmidt. 

Schmidt e Jared Cohen, que dirige a Google Ideas, são os autores de um livro, de 2013, intitulado “A nova era digital: remodelar o futuro dos povos, nações e empresas” (The new digital age: reshaping the future of people, nations and business).

Aos 79 anos, o Papa Francisco não é um assíduo usuário da Internet, mas sua conta no Twitter em inglês tem 8,4 milhões de seguidores e somando todas as 9 línguas, chega a 26 milhões. Nos quase 3 anos de seu Pontificado, já hospedou no Vaticano dois encontros com o Google Hangouts, conexões ao vivo para o projeto educativo ‘Scholas Occurrentes’. 

E para o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2014, sua mensagem afirmou que “a Internet pode oferecer mais possibilidade de encontro e solidariedade entre todos e isto é uma coisa boa, ‘um dom de Deus’”.

Francisco fez, no entanto, uma ressalva: “Existem aspectos problemáticos: a velocidade da informação supera a nossa capacidade de reflexão e discernimento, e não permite uma expressão equilibrada e correta de si mesmo. A variedade das opiniões expressas pode ser sentida como riqueza, mas é possível também fechar-se numa esfera de informações que correspondem apenas às nossas expectativas e às nossas ideias, ou mesmo a determinados interesses políticos e econômicos. O ambiente de comunicação pode ajudar-nos a crescer ou, pelo contrário, desorientar-nos. O desejo de conexão digital pode acabar por nos isolar do nosso próximo, de quem está mais perto de nós. Sem esquecer que a pessoa que, pelas mais diversas razões, não tem acesso aos meios de comunicação social corre o risco de ser excluído. Estes limites são reais, mas não justificam uma rejeição dos mass-media; antes, recordam-nos que, em última análise, a comunicação é uma conquista mais humana que tecnológica”.  

(CM-VI)

(from Vatican Radio)