Mensagem vídeo do Santo Padre por ocasião da Viagem Apostólica à Colômbia [6-11 de setembro de 2017] (4 de setembro de 2017)

MENSAGEM VÍDEO DO PAPA FRANCISCO
NA VIGÍLIA DA VIAGEM À COLÔMBIA

[6-11 DE SETEMBRO DE 2017]

 

Querido povo da Colômbia, daqui a poucos dias visitarei o vosso país. Virei como peregrino de esperança e de paz, para celebrar convosco a fé no nosso Senhor e também para aprender com a vossa caridade e com a vossa perseverança a busca da paz e da harmonia.

Saúdo cordialmente e agradeço ao Senhor Presidente e aos Bispos da Conferência Episcopal o convite a visitar a Colômbia. Agradeço a cada um de vós que me acolheis na vossa terra e no vosso coração. Sei que trabalhastes — e trabalhastes muito — para preparar este encontro. Os meus agradecimentos dirigem-se a todos aqueles que colaboraram e continuam a fazê-lo a fim de que ele se torne realidade.

«Demos o primeiro passo» é o lema da viagem. Ele recorda-nos que temos sempre necessidade de dar um primeiro passo para qualquer atividade e projeto. Ele impele-nos também a ser os primeiros a amar, a construir pontes, a criar fraternidade. Dar o primeiro passo encoraja-nos a sair para ir ao encontro do outro, a estender a mão e a trocarmos o sinal da paz. A paz que a Colômbia procura e que pela sua consecução trabalha há muito tempo. Uma paz estável, duradoura, para que possamos ver-nos e tratar-nos como irmãos, não como inimigos. A paz recorda-nos que todos somos filhos do mesmo Pai que nos ama e conforta. Sinto-me honrado por visitar esta terra rica de história, cultura, fé, homens e mulheres que trabalharam com determinação e perseverança para a tornar um lugar onde reina a harmonia e a fraternidade, na qual o Evangelho é conhecido e amado, onde dizer irmão e irmã não resulta um sinal estranho mas um verdadeiro tesouro a ser protegido e defendido. O mundo de hoje precisa de conselheiros de paz e de diálogo. Também a Igreja é chamada a esta tarefa, para promover a reconciliação com o Senhor e com os irmãos, mas também a reconciliação com o meio ambiente que é uma criação de Deus e que estamos a explorar de maneira selvagem.

Que esta visita seja como um abraço fraterno a cada um de vós e que se sinta a consolação e a ternura do Senhor.

Queridos irmãos e irmãs colombianos, desejo viver esses dias convosco com ânimo alegre, com gratidão ao Senhor. Abraço-vos com afeto e peço ao Senhor que vos abençoe, que proteja o vosso país e lhe conceda a paz. E peço à nossa Mãe, a Virgem Santa, que cuide de vós. E não vos esqueçais de rezar por mim.

Obrigado e até breve.