Congregação Igrejas Orientais e Rádio Vaticano vencem Prêmio

2017-10-08 Rádio Vaticana

Cidade do Vaticano (RV) - A Congregação para as Igrejas Orientais e a Rádio Vaticano são as vencedoras do Prêmio de Reconciliação “Capítulo de União Polonesa-Ucraniana”. Instituído em 2001 pelo Capítulo da união polonesa-ucraniana, o reconhecimento é atribuído a cada ano a personalidades e instituições que, com sua atividades tenham promovido a compreensão recíproca entre os povos da Europa centro-oriental.

A cerimônia de entrega da honorificência se realizará em Roma na próxima quinta-feira (12/10), no Colégio Ucraniano São Josafá. Na mesma data, o Papa Francisco celebrará a santa missa pela manhã, na Basílica de Santa Maria Maior, pelo centenário da Congregação para as Igrejas Orientais.

Motivações da premiação

O dicastério vaticano é premiado pelo apoio aos valores que unem os povos na edificação de um futuro comum e em harmonia com as palavras de São João Paulo II:

“Graças à purificação da memória histórica estejam todos prontos a colocar acima de tudo aquilo que une e não aquilo que separa, para construir juntos o futuro baseado no respeito recíproco, na colaboração fraterna e na autêntica solidariedade.”

A redação da Rádio Vaticano – seções polonesa, ucraniana e eslovaca – recebe o reconhecimento pela transmissão imparcial das informações e pela promoção do diálogo intercultural na Europa central e oriental superando os estereótipos e os preconceitos recíprocos.

Encontro de 30 anos atrás deu primeiro passo de um longo caminho de reconciliação

O primeiro encontro entre os representantes do episcopado da Polônia e do Sínodo da Igreja greco-católica realizou-se 30 anos atrás em Roma. Na ocasião foi proclamada a declaração de perdão e de reconciliação polonesa-ucraniana. Foi o primeiro passo de um longo caminho de reconciliação entre os dois povos. O primeiro prêmio foi entregue a João Paulo II. (RL)

(from Vatican Radio)