• El papa Francisco en Polonia. Visita al campo de concentración de Auschwitz-Birkenau

Concluído o curso de formação para sacerdotes latino-americanos promovido pela Congregação para o clero - Capazes de nos alegrarmos pelo próximo

2016-02-27 L’Osservatore Romano

Foi contra «a inveja e a auto-referencialidade, duas tentações que se opõem à fraternidade», que o cardeal Beniamino Stella alertou os presbíteros latino-americanos que participaram no curso de atualização promovido em Roma pela Congregação para o clero. Trata-se de sacerdotes com experiência no âmbito da formação presbiteral. A finalidade é promover iniciativas semelhantes nas dioceses e nos países de proveniência.

«Os estudos em Roma — disse o prefeito do dicastério na homilia da missa celebrada a 26 de fevereiro no Pontifício colégio espanhol — não devem ser visto como uma posse ou projeto pessoal que leva a separar a comunidade em que vivemos ou a considerar que ela é só um instrumento em vista da consecução de fins subjetivos. Ai de nós se os irmãos não forem a finalidade para a qual tende a nossa ação, mas de certo modo um nexo para alcançar outros objetivos!». O purpurado insistiu acima de tudo sobre o «espírito de fraternidade», convidando a pedir «ao Senhor para sermos capazes de nos alegrarmos pelo êxito dos outros e de rezar pelo próximo, livres da inveja, sentindo-nos com os irmãos humildes e jubilosos discípulos do único Mestre, evitando de pôr no centro só as nossas pessoas e as nossas pretensões, na disponibilidade ao serviço recíproco».

No curso, que se realizou no mesmo colégio, participaram 30 sacerdotes provenientes da Bolívia, Brasil, Chile, Costa Rica, Cuba, Equador, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. O programa, que se prolongou por quatro semanas, abarcou as várias dimensões do ministério sacerdotal e da vida espiritual e pastoral.