• Viaje a Turquía – Ceremonia de bienvenida

Cardeal Pasinya fala da visita à Síria

2012-10-19 Rádio Vaticana

Cidade do Vaticano (RV) - “É um gesto, um gesto cristão de caridade, de conforto e de consolo ao povo da Síria”. Assim o Arcebispo de Kinshasa, Cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, define a “missão síria” dos padres sinodais anunciada esta semana pelo Secretário de Estado, Cardeal Tarcisio Bertone. O Cardeal Monsengwo Pasinya fará parte da delegação dos padres sinodais que irá à Síria. Falando aos jornalistas durante coletiva de imprensa o purpurado não apresentou particulares da viagem e as datas definidas.

A este respeito, afirmou que antes de viajar é preciso cumprir todas as necessárias formalidades e que provavelmente a viagem acontecerá na “próxima semana”: ainda não foi divulgado o programa da viagem e, portanto – respondendo a uma pergunta de um jornalista – o cardeal afirmou que não sabe se a delegação encontrará o Presidente Assad.

Serão divulgados todos os particulares quando a delegação voltar aos trabalhos do Sínodo e for apresentado o relatório da viagem. O Cardeal Monsengwo destacou, porém, que a delegação levará “a proximidade espiritual do Papa e a nossa – disse - aos que sofrem na Síria”. (SP)