Boko Haram ataca mesquita na Nigéria

2017-07-17 Rádio Vaticana

Abuja (RV) - “Boko Haram é um inimigo da humanidade e não hesita em matar fiéis muçulmanos. A sua tática é a de cometer delitos atrozes contra civis inocentes de forma a maximizar o impacto terrorista na população”.

Foi o que afirmou à Agência Fides o Padre Gideon Obasogie, Diretor das Comunicações Sociais da Diocese de Maiduguri, capital do Estado de Borno, norte da Nigéria, ao comentar o atentado suicida cometido na manhã desta segunda-feira (17/07) em uma mesquita, matando ao menos 8 pessoas.

A mesquita alvo do ataque do Boko Haram encontra-se no Bairro de London Ciki de Maiduguri.

“Nos últimos meses o Boko Haram atacou lugares lotados de Maiduguri e de suas periferias, como mercados e hospitais. O grupo jihadista ataca os civis, também porque eles organizaram milícias de autodefesa para tentar limitar os ataques”, disse Padre Obasogie.

Em 13 de julho, quatro atentados suicidas provocaram a morte de 19 pessoas, a maior parte delas pertencentes às milícias de autodefesa.

“Infelizmente no fenômeno do Boko Haram existem políticos envolvidos. Se não houvesse estes interesses políticos, Boko Haram há diversos tempos não seria mais um problema”, conclui Padre Obasogie.

(JE/Fides)

(from Vatican Radio)