Angelus, 1º de novembro de 2016, Solenidade de todos os Santos, Suécia

VIAGEM APOSTÓLICA DO PAPA FRANCISCO À SUÉCIA
(31 DE OUTUBRO - 1º DE NOVEMBRO DE 2016)

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS

PAPA FRANCISCO

ANGELUS

Malmoe
Terça-feira, 1 de novembro de 2016

[Multimídia]

 

No final desta celebração, desejo agradecer a D. Anders Arborelius, Bispo de Estocolmo, as suas amáveis palavras, bem como os esforços das autoridades e de todos aqueles que trabalharam na preparação e realização desta visita.

Saúdo cordialmente o Presidente e o Secretário-Geral da Federação Luterana Mundial e o Arcebispo da Igreja da Suécia. Saúdo os membros das delegações ecuménicas e do Corpo Diplomático presentes nesta ocasião, e a todos os que quiseram juntar-se a nós nesta Celebração Eucarística.

Dou graças a Deus por me ter dado a oportunidade de vir a esta terra e encontrar-me convosco, muitos de vós vindos de várias partes do mundo. Como católicos, fazemos parte duma grande família, sustentada por uma mesma comunhão. Animo-vos a viver a vossa fé na oração, nos Sacramentos e no serviço generoso a quem passa necessidade e sofre. Encorajo-vos a ser sal e luz, nas circunstâncias concretas onde viveis, com o vosso modo de ser e agir segundo o estilo de Jesus e com grande respeito e solidariedade para com os irmãos e irmãs doutras Igrejas e Comunidades cristãs e todas as pessoas de boa vontade.

Na nossa vida, não estamos sozinhos. Temos sempre o auxílio e a companhia da Virgem Maria, que hoje nos aparece como a primeira dentre os Santos, a primeira discípula do Senhor. Confiamo-nos à sua proteção e apresentamos-Lhe as nossas penas e alegrias, os nossos temores e anseios…, tudo colocamos sob o seu amparo, com a certeza de que nos vê e cuida de nós com amor de mãe.

Queridos irmãos, peço-vos para não vos esquecerdes de rezar por mim. Também eu vos tenho muito presente na minha oração.

E agora saudemos, juntos, a Virgem Mãe com a oração do Angelus.