À Delegação da "American Pro Football Hall of Fame" (21 de junho de 2017)

DISCURSO DO PAPA FRANCISCO
À DELEGAÇÃO DA "AMERICAN PRO FOOTBALL HALL OF FAME"

Sala adjacente à Sala Paulo VI
Quarta-feira, 21 de junho de 2017

[Multimídia]

Queridos amigos!

Sinto-me feliz por vos transmitir uma saudação cordial, membros e dirigentes do American Pro Football Hall of Fame, e por vos dar as boas-vindas ao Vaticano. Como muitos de vós também eu sou um apaixonado de “football”, mas no país do qual provenho se joga de maneira muito diferente!

Agradeço ao Senhor Anderson as gentis palavras, que evidenciaram os tradicionais valores de lealdade e desportividade que procurais personificar, tanto no campo de jogo como na vossa própria vida, nas vossas famílias e comunidades. O mundo no qual vivemos, e especialmente os jovens, precisam de modelos, de pessoas que nos mostrem como fazer emergir o melhor de nós mesmos, para frutificar os dons e talentos que Deus nos concedeu e, ao fazer isto, indicar o caminho rumo a um futuro melhor para as nossas sociedades.

O trabalho de grupo, o jogo leal e aspirar ao melhor são valores — até no sentido religioso do termo — que guiam o vosso esforço no campo de jogo. Todavia, destes valores temos necessidade urgente também fora do campo, em todas as dimensões da vida comunitária. São os valores que ajudam a construir uma cultura do encontro na qual prevenimos e socorremos as necessidades dos nossos irmãos e irmãs, e combatemos o individualismo exagerado, a indiferença e a injustiça que nos impedem de viver como uma única família humana. Quanto o mundo precisa desta cultura do encontro!

Estimados amigos, desejo que a vossa visita à Cidade eterna possa aumentar a vossa gratidão pelos muitos dons que recebestes e inspirar-vos a partilhá-los cada vez mais generosamente para construir um mundo mais fraterno. Sobre vós e vossas famílias invoco a bênção de Deus, a alegria e a paz.

Que Deus vos abençoe a todos!